Protocolo do esporte baiano deve ser elaborado em Feira de Santana

Em meio a crise deflagrada por conta da pandemia do Covid-19, dirigentes esportivos seguem trabalhando nos bastidores para criar alternativas para que num curto espaço de tempo as atividades principalmente no futebol comecem a ser retomadas. Uma delas é a elaboração de um protocolo de testes e exames, pelos quais os profissionais do futebol serão submetidos  e a partir daí se terá uma noção de quando os trabalhos de campo recomeçarão. A ideia da Federação Bahiana de Futebol é que o Bahia de Feira, através da sua estrutura, possa ser responsável elaboração e iniciação de processo.


De acordo com o presidente do Bahia de Feira, Jodilton Souza, a proposta foi feita pelo presidente da FBF, Ricardo Lima.  “Como temos atuação na área médica, através do Incárdio, o presidente nos fez a proposta e de imediato já acionei o médico André Guimarães que é meu sócio e tem know-how nessa questão para que nos preparemos para elaborar este protocolo”, disse. “Nosso empreendimento já está preparado, logicamente aguardando o levantamento de dados por parte da FBF para que a ação seja executada”, complementou.


A expectativa é de que o presidente da FBF, Ricardo Lima venha nos próximos dias à Feira de Santana para que sejam dados os devidos encaminhamentos ao processo de elaboração do protocolo. “A FBF está coletando os dados, as informações para que seja dado o passo seguinte de elaborar o protocolo e assim a gente possa realmente ter uma noção de quando poderemos retomar as atividades no campo”, salientou Jodilton Souza.


O PROTOCOLO


O protocolo, segundo o Jodilton Souza, consiste em uma série de exames que serão feitos em atletas, comissões técnicas e profissionais das equipes baianas para saber se existe algum tipo de indício do vírus da Covid-19. “Os testes seriam feitos e os resultados encaminhados para as autoridades competentes que liberariam ou não os profissionais para o recomeço das atividades. Tudo agora depende do desenrolar deste procedimento”, explicou.

Souza disse que ainda sim, uma vez liberados, os profissionais retornariam aos trabalhos, porém obedecendo uma série de recomendações. “A ideia é que uma vez liberados, atletas e e demais profissionais  fiquem confinados em seus centros de treinamentos em regime de quarentena trabalhando para que no começo de junho, os jogos de futebol retornem ainda sim com portões fechados”, afirmou.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

© 2020 Barcelona Futebol Clube. Site desenvolvido por PBCOM: (73) 98878-8136